Cinemas na Rússia estão exibindo filmes piratas em torrent

Após o início da invasão da Ucrânia, os estúdios de Hollywood e outras produtoras de cinema ao redor do mundo começaram a suspender o lançamento de novos filmes na Rússia. Por exemplo, o novo filme da franquia Batman não foi lançado aos consumidores russos em formato oficial, mas foi baixado em torrent e exibido no cinema.

A Associação de Proprietários de Cinema da Rússia publicou um comunicado e revelou que o grupo está passando por um colapso no país. A previsão é a receita dos cinemas russos diminua em até 80% — a associação até requisitou auxilio ao Ministério da Cultura.

A partir de abril, surgiram informações indicam que alguns cinemas na Rússia começaram a exibir filmes que não deveriam estar disponíveis no país, como The Batman, Não Olhe para Cima, entre outros. Inclusive, um centro de arte contemporânea em Moscou exibiu The Batman no dia 21 de abril e cobrou cerca de US$ 7 por ingresso.

Exibição de The Batman na Rússia
Exibição de The Batman na RússiaFonte:  Torrent Freak 

Cinema pirata

“Infelizmente, a quantidade e a qualidade dos filmes russos lançados ao público não atendem a toda a demanda dos cinemas por conteúdo. Além disso, o lançamento de alguns filmes russos, por razões desconhecidas para nós, foi adiado das próximas datas ou completamente cancelado, apesar de esses filmes terem recebido apoio estatal para a produção”, revelou a associação em comunicado.

A Associação de Donos de Cinemas na Rússia revela que condena a exibição de cópias ilegais em cinemas, mas entendem a situação atual. Até o momento, o governo russo ainda não se pronunciou sobre o futuro dos cinemas no país.

“A demonstração pública ilegal de cópias piratas, ou melhor, roubadas de filmes nos cinemas, tira o cinema russo da arena legal e nos leva de volta aos dias sombrios do negócio ilegal da década de 1990”, diz um comunicado da Associação de Donos de Cinema.

 

 

Fonte: Tecmundo