Revista Rolling Stone elege as melhores músicas de Ariana Grande, veja o Top 10

O site da Rolling Stone americana criou mais um de seus rankings que estão se mostrando bastante populares. Agora foi a vez da tradicionalíssima publicação se debruçar sobre a obra de Ariana Grande para selecionar as 50 melhores músicas já gravadas por ela.

Para a revista, em um período de pouco mais de de anos (ela lançou seu primeiro single em dezembro de 2011), Ariana se tornou uma das maiores estrelas da música pop ao conseguir manter a base de fãs que conquistou ainda quando trabalhava como atriz na série “Victorious”, da Nickelodeon, e ampliá-la consideravelmente.

O top 50 tem faixas gravadas entre 2013, – “Pink Champagne”, no 14º lugar é a melhor colocada entre o material inicial – e 2020, ano de “Rain On Me”, gravada com Lady Gaga, que ficou em nono.

O primeiro lugar foi para “Into You”, lançada em 2016. “Com a ponte épica e o ritmo sintetizado de levada disco, esta é uma das grandes músicas da década de 10, diz o texto.

Veja abaixo as dez músicas mais bem colocadas no ranking:

10 – “God is a woman” (2018) (“se ela não te fizer um fiel da “igreja de Ariana” difícl dizer o que fará”)
9 – “Rain On Me” (2020) (“vai ser a ‘música do verão’ por muitos e muitos anos”)
8 – “imagine” (2019) (“permitiu que a cantora reescrever a história de um romance que se despedaçou”)

7 – “Touch It” (2016) (“as notas que Ariana alcança assobiando já são motivo suficiente para a música estar no top 10)
6 – “One Last Time” (2014) (“ganhou um novo significado quando foi relançada como um single beneficente em 2017”)
5 – “thank u, next” (2019) (“uma ode aos ex-namorados que lhe ajudaram a amadurecer”)

4 – “bad idea” (2019) (“um conto moral sobre o perigo de se usar uma pessoa para superar um relacionamento amoroso”)
3 – “ghostin” (2019) (“uma balda devastadora sobre o que assusta a artista: morte, amor, perda e a dificuldade para se seguir em frente”)
2 – “no tears left to cry” (2018) (“a música não ignora toda a dor pela qual ela passou”)

1 – “Into You” (2016) (“não surpreende que tenha sido coescrita e composta por Max Martin”)

 

Fonte: Vagalume