Estes erros de português são desagradáveis no e-mail ou no WhatsApp

Pode ser um longo e-mail ou uma breve mensagem por WhatsApp, ainda é necessário ter atenção na hora de se comunicar no trabalho.

Atire a primeira pedra quem nunca cometeu um deslize. Natural, porque somos seres imperfeitos. O fato é que uma mensagem confusa pode custar caro: incompreensões podem dificultar uma venda.

Ao indicar pretérito, ainda são comuns as trocas de “há” por “a”, na situação temporal. Revise: “há” indica pretérito; “a” indica futuro.

“Há duas semanas, definimos as novas mensagens para o setor X.”

Vale reforçar que não se deve usar “há duas semanas” e “atrás”, uma vez que o verbo já aponta para um fato pretérito. Em resumo: há dois dias, há duas, há três meses – todos indicam um tempo anterior.
Vamos à situação futurística:

“Daqui a duas semanas, definiremos as novas mensagens para o setor X.”

A preposição “a” (classe invariável da nossa Língua Portuguesa) indica o futuro. O verbo definir, no futuro do presente, é um recurso que pode ser mais explorado no cotidiano corporativo: exagera-se no uso de locução, como “vai definir”, “vai trazer”, “vamos buscar”.

PONTUAÇÃO

Esse tópico é muito importante. Fica muita confusa a mensagem assim:

“Bom dia João amanhã não envio o pedido já”